Educadores da rede municipal de ensino vão contar, a partir do segundo semestre deste ano, com um novo espaço para desenvolver e executar projetos educacionais envolvendo tecnologia. Será o primeiro Centro de Formação e Tecnologia Educacional, construído pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), em parceria com a Fundação Tellescom e Fundação Telefônica Vivo (FTV).

A planta do local foi apresentada na tarde desta terça-feira, 28/2, para a secretária municipal de Educação, professora Dulce Almeida, ao subsecretário de gestão educacional, Junior Mar, além de representantes da Tellescom e do criador do Prêmio United Earth Amazônia, Marcus Nobel.

“Será um espaço lindo, renovado, cheio de aparatos de tecnologia, algo de ponta para que possamos formar os nossos professores e levar essa inovação para as nossas escolas e nossas crianças e mostrar a todos que nós podemos, quando o poder público tem boa vontade, levar esse tipo de recurso à sociedade. E aí vai a minha gratidão ao prefeito David Almeida, que tem abraçado todas essas iniciativas para termos cada vez mais uma educação de qualidade”, ressaltou Dulce Almeida.

O centro de formação está alinhado com a Meta 7 do Plano Municipal de Educação (PME), que destaca a necessidade de fomentar a qualidade da educação básica nas etapas e modalidades, com melhoria do fluxo escolar e da aprendizagem, para atingir as médias do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Vão ser utilizadas práticas pedagógicas, por meio de projetos alternativos com métodos e propostas diversificadas, usando diferentes softwares e recursos digitais.

Para o fundador e presidente da Tellescom Indústria e Comércio e Telecomunicação, Marco Telles, é um prazer colaborar com esse projeto inovador.

“A expectativa é que os resultados venham ao longo do tempo, ou seja, nós vamos ter que medir os resultados, ter uma compreensão e que a Fundação Tellescom de certa forma possa ajudar a inspirar outras empresas a colaborarem mais com as secretarias de educação dos diversos municípios. E para nós é um prazer poder colaborar com a Semed, com um centro de mídias, com este projeto inovador”, disse Marco.

A iniciativa foi inspirada nos Espaço de Formação e Experimentação em Tecnologias para Professores (Efex), concebido pelo Centro de Inovação para a Educação Brasileira (CIEB). Esse modelo de espaço pedagógico, para formação continuada de professores, é dinâmico e propício ao compartilhamento de informações.

O espaço vai priorizar a utilização de recursos tecnológicos e uma metodologia inovadora de ensino, com componentes fundamentais na formação continuada de professores, como ressaltou o professor Austonio dos Santos, gerente de Tecnologia Educacional da Semed.

“Com o novo centro, os professores vão receber formação e fazer experiências para que possam na escola desenvolver com os alunos, habilidades como criatividade e resolução de problemas. Então, tudo isso vai ser trabalhado com novos recursos, novos equipamentos e também novas metodologias que nós vamos oferecer, em parceria com outras instituições, como a Fundação Telefônica Vivo e a própria Fundação Tellescom”, explicou Austonio.

Outra novidade é que o local será adaptativo porque poderá ter os espaços internos modificados, possibilitando diferentes ambientes para: formações específicas; reuniões; projeção de filmes; salas acústicas e de recursos audiovisuais; laboratórios de automação, tecnologia 5G, produção de protótipos com impressão 3D, tecnologia VR e realidade aumentada, dentre outros.

Este novo centro todo modernizado terá sala de projeção, sala acústica, cinco laboratórios de experimentação e 18 espaços alternativos que podem ser mudados de acordo com a metodologia aplicada na formação, além de um pequeno teatro, destinado a palestras e dinâmicas.