A Suframa participou na manhã desta segunda-feira (28), na sede da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), da 303ª Reunião Ordinária do Conselho de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Codam). O evento foi organizado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti) e a Autarquia foi representada pelo superintendente Bosco Saraiva.
A reunião contou com a aprovação de uma pauta com 48 projetos industriais de implantação, diversificação e atualização que somam investimentos estimados em R$ 671,1 milhões a partir da concessão de incentivos fiscais relacionados ao Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS).
Criado pelo Decreto 14.181/91, o Codam é um órgão colegiado que busca assessorar o governador do Estado em assuntos referentes ao desenvolvimento econômico e social e à formulação da política de incentivos fiscais e extrafiscais do Estado. A Suframa é uma das 17 instituições e entidades de classe que possuem assento no Conselho.
A reunião desta segunda-feira contou com a presença do governador do Amazonas, Wilson Lima, do titular da Sedecti, Serafim Corrêa, e do presidente da Fieam, Antônio Silva, entre outras autoridades.
Em sua participação no evento, o superintendente Bosco Saraiva parabenizou o ex-parlamentar e ex-prefeito de Manaus, Serafim Corrêa, pela sua primeira reunião no Codam à frente da Sedecti e disse que o encontro foi extremamente positivo para o ambiente de negócios do Amazonas. “A Suframa tem assento neste conselho e não poderia deixar de estar presente para discutir os importantes temas que foram debatidos, como a Reforma Tributária, e também analisar e chancelar os expressivos investimentos da pauta, muitos dos quais também serão submetidos ao Conselho de Administração da Suframa e terão impacto bastante positivo na Zona Franca de Manaus”, afirmou Saraiva.

Projetos

Na pauta do Cieam serão avaliados o total de 48 projetos, sendo 24 de bens finais e 24 de bens intermediários, dos quais 21 de implantação, 22 de diversificação e cinco de atualização.

Um dos destaques da pauta é o projeto da Yamaha Motor Componentes da Amazônia, para atualização da linha de produção, representando 15,8% do total de investimentos (R$ 101,3 milhões), com previsão de 86 novos postos de trabalho.

Outro destaque é a Amazon Packing And Ecopolymers, com um projeto de implantação estimado em R$ 67,8 milhões, com 54 novos empregos.

A Whirlpool também se destaca com novos investimentos de R$ 43,9 milhões, que vão gerar 526 novos postos de trabalho.

Interior do Amazonas

Para o interior do Amazonas, entre os destaques do Codam está a Frutilita Fabricação de Conservas de Frutas, na cidade de Manacapuru (a 68 quilômetros de Manaus), que vai investir R$ 3,7 milhões no projeto de implantação, com 15 novos postos de trabalho