Dando continuidade às ações de criação de sinergias e de fortalecimento de parcerias institucionais visando ao desenvolvimento da área de abrangência do modelo Zona Franca de Manaus (Estados do Amazonas, Acre, Rondônia e Roraima e municípios de Macapá e Santana, no Amapá), o superintendente da Suframa, Algacir Polsin, acompanhado de equipe técnica, reuniu-se na manhã desta quarta-feira (16), na sede do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM), com o presidente do TCE-AM, conselheiro Érico Desterro.

A reunião teve o objetivo de apresentar de forma resumida ações que o governo federal, por meio da Suframa, vem desempenhando com a finalidade de gerar impactos positivos em gestões municipais por meio do estímulo ao aprimoramento de atividades de planejamento e da elaboração de políticas públicas, da captação e utilização de recursos e da adoção de mecanismos de transparência, entre outras atividades, e identificar de que forma o TCE-AM pode contribuir decisivamente em todo esse processo.

Na ocasião, foram mencionados, mais especificamente, os projetos “Cidades Inteligentes”, a ser desenvolvido, incialmente, nos municípios amazonenses de Manacapuru, Atalaia do Norte e Silves, e “Zona de Desenvolvimento Sustentável (ZDS) Abunã-Madeira”, que engloba 32 municípios localizados no Sul do Amazonas, Leste do Acre e Noroeste de Rondônia.

“O Tribunal de Contas do Estado do Amazonas, sem dúvidas, pode ser um grande parceiro e ter um impacto muito positivo nessas ações, pois conta com uma estrutura de excelência e profissionais altamente qualificados, especialmente, nas temáticas que pretendemos abordar junto às prefeituras municipais”, destacou o superintendente da Suframa, Algacir Polsin.

O presidente da Corte, conselheiro Érico Desterro, colocou o TCE-AM inteiramente à disposição da Autarquia por considerar que o aprimoramento da capacidade governativa dos municípios do interior do Amazonas é de total interesse também da Corte. “É com satisfação que tomamos conhecimento desses projetos desenvolvidos pela Suframa. Podem contar com todo apoio do TCE-AM, inclusive, fazendo uso da estrutura da nossa Escola de Contas Públicas”, afirmou Desterro.

Ao final do encontro, os dirigentes da Suframa e do TCE-AM concordaram em fazer uma nova agenda conjunta, a ser realizada previamente na segunda quinzena de abril, na sede da Autarquia e no Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA), para aprofundar as discussões e dar continuidade ao fortalecimento da parceria entre as instituições.