Como parte do trabalho do ambiente de negócios realizado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti) que visa atrair mais investimentos para o Amazonas, na manhã desta terça-feira (15/03), a pasta recebeu a visita dos representantes da empresa nordestina Norpolim. No encontro, foi anunciado investimento de R$ 17 milhões no Estado para os próximos três anos, com a criação de cerca de 100 novos postos de trabalho.

A companhia, especializada em resinas termoplásticas, informou que tem previsão de se instalar no Polo Industrial de Manaus (PIM) ainda este ano e garantiu apresentar projetos para os setores de termoplástico e de construção civil.

O titular da Sedecti, Jório Veiga, frisou que o investimento anunciado pela Norpolim mostra, mais uma vez, a confiabilidade que o modelo da Zona Franca de Manaus tem impactado positivamente os investimentos na região.

“Quando anunciamos um investimento como este, confirmamos a confiança e a segurança jurídica que os investidores têm no nosso modelo de negócio e, o mais importante, afirmamos a criação de mais oportunidade de trabalho para a nossa população, garantindo emprego e renda para a região”, enfatizou Veiga.

Com a instalação da planta em Manaus, a produção da Norpolim será destinada para a fabricação de garrafões e tampas para envase de água mineral, tampinhas para garrafas PET e resinas poliméricas.

Produto inovador – Durante a apresentação dos produtos feita pela empresa, o secretário executivo de Desenvolvimento Econômico (Sedec) da Sedecti, Renato Freitas, comentou sobre a importância de investimento em produtos inovadores.

“A empresa Norpolim está trazendo uma unidade de implantação do projeto do Garrafão Brasil para o Amazonas e outro projeto inovador que é um material adesivo para a substituição da argamassa de cimento na construção civil. Isso é muito importante para o setor e para a economia local”, disse Freitas.

Norpolim – A empresa Norpolim atua no ramo industrial há 27 anos e faz parte de um grupo empresarial que atende diversos segmentos, como: fabricação de embalagens plásticas, transporte rodoviário de cargas, comércio óptico, comércio de combustíveis, fabricação e distribuição de resinas termoplásticas.

A companhia, atualmente, está localizada nos Estados da Paraíba, Pará, Maranhão, Ceará, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia, Rio de Janeiro e São Paulo.

De acordo com a consultora da Norpolim, Suellen Albuquerque, o motivo da reunião  foi para conhecer o fluxo operacional da Sedecti, já que o próximo passo é de protocolizar o projeto junto à pasta.

“Queremos estreitar as relações para buscar parcerias na implantação da empresa e fomos atraídos pelos incentivos que o Estado do Amazonas oferece. Também pensamos na expansão da empresa no norte do País. Esse é um mercado interessante e a empresa vê com bons olhos uma implantação industrial no Amazonas”, afirmou Suellen.

Codam 295° – O processo de instalação da Norpolim, encontra-se nos transmites da Sedecti e, caso, não apresente nenhuma inconsistência, pode entrar na pauta da próxima reunião do Conselho de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Codam), prevista para ocorrer no próximo mês de abril.