Em sua primeira edição, a “Mostra Intercultural de Moda Indígena” acontece, de 2 a 23 de abril, em três pontos diferentes de Manaus. O evento inédito foi contemplado pelo edital “Prêmio Amazonas Cultura em Rede”, promovido pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, e estará aberto a visitação no Parque das Tribos, Salão Rio Solimões e Sumaúma Park Shopping.

A temática da primeira edição é o grafismo indígena que se configura nos trajes e traçados dos figurinos, pinturas e artesanatos que representam a especificidade de cada etnia.

O evento conta com a participação de 29 estilistas, sendo dois coletivos e 37 modelos indígenas, das etnias Munduruku, Baré, Sateré-Mawé, Tikuna, Witoto, Mura, Tariano, Kambeba, Carapanã e Kokama, entre outros. Ao todo, 70 profissionais estão envolvidos na ação.

A mostra da Seanny Artes Produções acontece em parceria com o Projeto de Extensão Contadores de Histórias, da Escola Superior de Artes e Turismo (Esat) e Universidade do Estado do Amazonas (UEA). A produtora executiva da Mostra, a atriz Reby Oliveira, explica a importância deste evento, inédito no Brasil quanto ao caráter 100% indígena.

“É o primeiro evento de moda indígena no Brasil, e isso nos pegou de surpresa, pois só tem uma estilista indígena reconhecida no Brasil, a We’e’ena Tikuna. Temos populações étnicas gigantescas, encaradas como minorias, mas são maioria, com diversas línguas, mas desconhecidos do contexto em que vivemos. Por exemplo, no Parque das Tribos existem 36 etnias e os modelos da Mostra são todos de lá”, comenta.

Programação

A professora doutora Vanessa Bordin, também idealizadora da Mostra, participa como apresentadora do evento ao lado de Carlos Kokama, revela como serão estes desfiles nos três dias de apresentação.

“Atrações culturais, performáticas, musicais e os desfiles em si, trarão visibilidade e ancestralidade. Os artistas indígenas e suas criações vão surgir na passarela contando histórias de seus povos por meio das vestimentas, peças, adornos e composições. Será a tradição dialogando com a modernidade”, disse Bordin.

A primeira “Mostra Intercultural de Moda Indígena” envolve 70 profissionais de diferentes áreas entre equipe de produção, apoio, patrocínio, estilistas, modelos, alunos de oficinas e público dos desfiles.

Confira os endereços da mostra:

Parque das Tribos

Rua Rio Purus, 15, Tarumã Açu

Salão Rio Solimões

Avenida Sete de Setembro, 1546, Centro – anexo do Centro Cultural Palácio Rio Negro

Sumaúma Park Shopping

Avenida Noel Nutels, 1762, Cidade Nova

 

 

 

FOTOS: Alonso Junior e Diogo Ferreira/Divulgação