A Feira de Artesanato Indígena, realizada por meio da Secretaria de Estado Cultura e Economia Criativa, encerrou a programação na tarde de sábado (30/04), no Palacete Provincial, na Praça Heliodoro Balbi, no Centro de Manaus.

Durante três dias, a atividade contou com a participação de artesãos e artistas indígenas de diversas etnias, com intuito divulgar produtos artesanais variados.

De acordo com a gerente de eventos do Palacete Provincial, Márcia Fernandes, a primeira edição do evento fez parte da comemoração do mês dedicado à cultura indígena.

“Além de divulgar o artesanato, a feira trouxe a proposta de promover o empreendedorismo indígena, por isso, é muito importante que eventos como esse sejam promovidos no nosso Estado”, comentou.

Programação – O encerramento da Feira de Artesanato Indígena contou com uma apresentação intitulada Nisari Hã-dee Hã-dee Õkoa tero Numiâ, do grupo de dança Yõkoa tero Numiâ, que significa mulheres estrelas cadentes.

A apresentação representou a relação das mitologias indígenas do Alto Rio Negro, abraçando toda a mitologia de acordo com cada povo e considerando hábitos, costumes e cultura.