O titular da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti), Angelus Figueira e o secretário executivo de Planejamento Estratégico, Valdenor Cardoso, receberam nesta quarta-feira (08/06), o superintendente federal do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SFA-Mapa) no Amazonas, Guilherme Pessoa. Em pauta, a participação do Mapa no Fórum de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas, que ocorrerá dias 20 e 21 de junho, no Palácio Rio Negro, em Manaus.

O Fórum de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas será realizado a pedido do governador Wilson Lima, e culminará com uma Agenda que fará parte do Plano de Desenvolvimento que o governo está elaborando.

Segundo o titular da Sedecti, o governo tem conversado com instituições e todos os segmentos que promovem, direta e indiretamente, a economia do estado. Isso inclui, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, que é o órgão gestor de serviços relacionados ao campo, ao cultivo, agropecuária e ao agronegócio.

“Importante e fundamental setor no desenvolvimento econômico e social do Brasil. Só o agronegócio, hoje, é responsável por 52,2% de tudo exportado no Brasil e na pandemia, por exemplo, impulsionou a economia do País. Logo, não poderia ficar de fora do Fórum de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas que vai, por orientação do governador Wilson Lima, focar em vetores que possam, não só turbinar nossa economia e nossa matriz, mas fortalecer caminhos, como a bioeconomia, o manejo sustentável, a indústria, a economia criativa, por exemplo. Tudo, é claro, com muita responsabilidade ambiental e dentro do que a Lei permite”, resumiu Figueira.

O superintendente do Mapa no Amazonas, Guilherme Pessoa, destacou que o Ministério tem como propósito fomentar políticas públicas que contribuam para o desenvolvimento do pequeno, médio e grande produtor de alimentos. Neste sentido, tem total interesse em contribuir com os encaminhamentos do Fórum.

“Nós confirmamos a participação da Superintendência Federal de Agricultura no Amazonas, no evento promovido pelo Governo do Amazonas para tratar questões estratégicas de desenvolvimento do estado. Esta reunião foi importante também porque desejamos aproximar as pautas do governo federal com uma pasta que cuida do planejamento de todo o governo do Amazonas. Nós temos importantes projetos que já estão em andamento como o InovaBio Diversidade, mas temos uma gama de outros que poderão ser firmados como o da Agricultura de Baixo Carbono, algumas indicações geográficas, e outros que a Sedecti tem governança e já está tocando”, contou Pessoa.

Parceria

Segundo o superintendente do Mapa no Amazonas, a reunião também tratou sobre uma parceria com o Governo do Amazonas, através da Sedecti, para viabilizar outras indicações geográficas como a da castanha de Beruri; o artesanato de Barcelos; o Peixe Ornamental também de Barcelos.

“Além de pedirmos a parceria da Sedecti na execução e implementação de agriculturas e pecuárias de baixo carbono, pauta esta que tem tudo a ver com a linguagem que está secretaria trabalha. Nosso próximo passo é fazer uma demanda oficial para a Sedecti”, disse.

Fotos: Ramon Arcanjo/Sedecti

Informações para a imprensa: Assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti): Ed Blair (92 98507-2716), Sidia Ambrosio (92 98152-8252).