Com o objetivo de apoiar o desenvolvimento e crescimento das associações e cooperativas de produtores familiares do estado do Amazonas, o Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam) está formulando uma parceria com Universidade do Estado do Amazonas (UEA) para proporcionar apoio e acompanhamento com contabilidade rural para as comunidades rurais.

Para este fim, o diretor-presidente do Idam, Valdenor Cardoso, e a equipe da Gerência de Apoio à Organização de Produtores se reuniram nesta terça-feira (07/12) com as professoras da UEA, Elisângela Leitão e Nyalle Matos.

“A contabilidade rural é, para desenvolvimento da produção rural, tão importante quanto o sol. Nós do Idam ficamos muito felizes com esta parceria e já nos colocamos à disposição de apoiar essa iniciativa da UEA”, disse Valdenor.

O diretor-presidente salientou ainda o potencial para produção biológica da região amazônica e a importância de se atender e capacitar os membros associados de organizações de produtores do estado, observando que muitos dirigentes não compreendem seu papel de liderança dentro da organização.

Segundo Elisângela, professora de Contabilidade Rural do curso de Ciências Contábeis da UEA, o projeto nasceu do interesse de ajudar as famílias rurais.

“Nossa ideia surgiu quando eu e meus alunos começamos a fazer visitas técnicas a fazendas da agricultura familiar. Durante essas visitas, eu vi a precariedade dessas comunidades e a necessidade de um apoio e direcionamento no tocante à contabilidade”.

Elisângela e Nyalle comentaram também sobre a dificuldade enfrentada pelos agricultores familiares de encontrar profissionais que tenham interesse em atendê-los e que atuem no interior. Conforme elas, o projeto visa realizar diagnósticos de propriedades rurais, e a partir desses diagnósticos serão produzidos artigos científicos baseados na realidade observada, e oferecidos cursos de extensão para alunos e produtores.

Para a gerente de Apoio à Organização de Produtores do Idam, Joyce Magalhães, esta é uma parceria que vem para somar ao trabalho do Idam junto às comunidades rurais.

“Nós já detectamos que muitas associações e cooperativas ficam sem acesso aos editais ou às chamadas públicas justamente porque estão desorganizadas na parte contábil, na parte fiscal. Então essa parceria vem para fortalecer o trabalho já feito pelo Idam com as organizações, somando aos nossos esforços de levar conhecimento prático e teórico a essas associações e cooperativas”.

 

 

FOTOS: Kevyn Sousa/Idam