O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam) e Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS), realizou, nesta quinta-feira (17/02), ações de fomento ao setor primário de Itacoatiara (a 176 quilômetros de Manaus).

Durante o evento foram entregues 200 kits de mudas frutíferas, seis quilos de sementes de açaí, uma serraria portátil, além de Cartões do Produtor Primário (CPP) e Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP), aos produtores do município. Ao todo, seis mil mudas de citros (laranja e limão) foram entregues, beneficiando 200 agricultores locais.

O secretário da Sepror, Petrucio Magalhães Júnior, destacou que as ações voltadas ao setor primário incentivam os produtores rurais da região. “O governador Wilson Lima tem determinado que a gente vá ao interior e faça entregas, e o programa Agro Amazonas tem esse objetivo de garantir oportunidades para os pequenos produtores, para aquelas pessoas que mais precisam”, ressaltou o secretário.

 

Beneficiado – O agricultor José Pascoal de Menezes, da comunidade São Geraldo, foi um dos beneficiados, recebendo 20 mudas de laranja e 10 mudas de limão. “Lá, onde eu moro, no meu sítio, é onde eu produzo minhas frutas; e com essa muda que estou levando, eu acho que vou aumentar mais minha produção, se Deus quiser. Espero que daqui pra frente as coisas melhorem lá na comunidade”, destacou

Ao todo, o Governo do Amazonas, estará distribuindo 16.411 kits de sementes e mudas para agricultores familiares assistidos pelo Idam, com investimento de R$ 5.377.000, com a finalidade de desenvolver nos municípios o potencial de produção das atividades.

Kits serrarias portáteis – Para incentivar a produção madeireira legalizada, a Sepror e a Prefeitura de Itacoatiara celebraram um Termo de Cessão de Uso, para o repasse de uma serraria portátil, que atenderá mais de 100 moveleiros da região e que atuam por intermédio de associações que fornecem mobiliários a rede estadual de ensino, por meio do Programa de Regionalização de Mobiliário Escolar (Promove), da ADS.

O representante da Associação do Polo Moveleiro de Itacoatiara (Asmovita), José Alberto Baraúna, destacou a iniciativa do Governo do Amazonas.

“Na associação, temos mais ou menos 25 pessoas associadas, e a serraria poderá ajudar na questão do desdobro da madeira, sem fazer dano na floresta e sem meter tratores para carregar. Ali a gente pode entrar e cortar, retirar a madeira já legalizada e liberada pelo Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), lá de dentro da floresta para dentro das nossas movelarias”, comentou.

De acordo com a Sepror, estão sendo entregues 15 serrarias portáteis a 12 prefeituras de municípios do Amazonas, que contam com associações que possuem planos de manejo florestal licenciado comunitário.

Os municípios contemplados são Carauari, Lábrea, Novo Airão, Parintins, Boa Vista dos Ramos, Borba, Manacapuru, Itacoatiara, Codajás, São Sebastião do Uatumã, Eirunepé e Urucará. O investimento é de R$ 823.000,50.