Com a evolução da tecnologia 4.0 e utilização de ferramentas para o auxílio na fiscalização realizada pelo Instituto de Pesos e Medidas do Amazonas (Ipem), o órgão passou a utilizar de forma online todas as informações da base de dados do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), por meio do coletor de dados e laptops e impressora portátil que permitem uma maior eficiência e precisão nas fiscalizações.

O diretor-presidente do Ipem, engenheiro Márcio André Brito, informou que todas as atividades são realizadas hoje, por meio dos equipamentos coletores de dados e laptops, ambas interligadas com o sistema do Inmetro.

“Esses equipamentos permitem que cem por cento da fiscalização realizada hoje no Amazonas, seja feita em tempo real. Isso só foi possível após a implantação da nova tecnologia 4.0”, afirmou Márcio Brito.

Antes da utilização dos coletores de dados e laptops, os fiscais do Ipem utilizavam a velha prancheta, o que demorava até 30 dias para sincronizar as informações de fiscalização. Porém, com o uso de dados da base eletrônica todas as atividades foram contempladas e alimentadas em tempo real, proporcionando uma maior agilidade e segurança na prestação dos serviços.

Serviços – O Ipem realiza todos os procedimentos de fiscalização de forma eletrônica, como a verificação de bombas de combustíveis, balanças, esfigmomanômetros, cronotacógrafos, produtos pré-medidos, taxímetros, dentre outros produtos e serviços com a conformidade avaliada, bem como as oficinas credenciadas pelo Ipem/Inmetro.

Outra novidade é a utilização dessa tecnologia implantada nas embarcações de fiscalização e pesquisa do Ipem, o que possibilita também a execução dos serviços oferecidos pelo Instituto em todo o interior do Estado. Durante o seu deslocamento nos rios da Amazônia são realizadas coletas para a realização de perícias, bem como pesquisas científicas.

Coletor de dados – O coletor de dados utilizado é um dispositivo portátil e de fácil operação, que dispõe de um teclado e scanner de alta performance incorporados a uma impressora via bluetooth.  Esse equipamento permite a consulta na base de dados do Inmetro para verificar as características dos instrumentos, históricos de fiscalização, permitindo a emissão de laudos, notificações, auto de infração, e relatórios diários.

FOTOS: Alexandre Vieira / Ipem-AM