Visando a garantia da segurança alimentar de famílias em situação de vulnerabilidade social, o Governo do Amazonas segue o calendário de entrega dos 16 mil cartões remanescentes do programa Auxílio Estadual permanente na capital. A terceira etapa de entregas teve início no dia 10 de janeiro deste ano e segue até o dia 28 de fevereiro.

Até o momento, 914 cartões já foram entregues. Em Manaus, o ponto fixo de retirada do benefício é Centro Estadual de Convivência do Idoso (Ceci), localizado na rua Wilkens de Matos, bairro Aparecida, zona sul de Manaus. Equipes da Secretaria de Estado da Assistência Social (Seas) ficam no local de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h, até o último dia das entregas.

De acordo com a coordenadora da ação, Maylla Boreggio, destacou o trabalho do governador Wilson Lima de alcançar todas as 300 mil famílias aptas a receber o benefício em todo o estado.

“Ouvimos muitos relatos de que o auxílio chegou em boa hora. Com a pandemia, muitas pessoas estão com dificuldade financeira e o Auxílio Estadual vai garantir a segurança alimentar e a dignidade de quem mais precisa. Por isso, se você ainda tem dúvidas sobre o auxílio, temos canais de comunicação disponíveis para esclarecê-las”, reforçou.

Segurança alimentar

Criado pelo governador Wilson Lima, o auxílio, que agora é permanente, é considerado o maior programa de transferência de renda da história do Amazonas e garante segurança alimentar da população em situação de pobreza e extrema pobreza. Além de assegurar a dignidade de quem mais precisa, o programa impulsiona o aquecimento econômico.

Atendimento

 O Governo do Estado está disponibilizando um call center para atendimento de demandas envolvendo o cartão Auxílio Estadual permanente.

O número para contato para tirar dúvidas relacionadas ao cartão é o 0800-740-7444. Por meio do atendimento, a pessoa pode verificar se possui direito ao benefício, os documentos necessários quando for ao local de retirada, entre outras questões.

O call center ficará disponível de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Além do canal de atendimento, a população já dispõe do site www.auxilio.am.gov.br para conferir se possui acesso à ajuda financeira, bastando informar o CPF e a data de nascimento.

 

 

 

 

FOTOS: Miguel Almeida/Seas