O superintendente da Suframa, Algacir Polsin, acompanhado de equipe técnica e da chefe do Escritório de Representação do Ministério das Relações Exteriores (MRE) na Região Norte (Erenor), ministra Maria Deize Camilo Jorge, reuniu-se na tarde da última segunda-feira (25), no auditório da Autarquia, com comitiva de embaixadores da Associação das Nações do Sudeste Asiático (Asean).

Criada em 1967, a Asean é um bloco econômico integrado por Brunei, Camboja, Cingapura, Filipinas, Indonésia, Laos, Malásia, Mianmar, Tailândia e Vietnã que tem como objetivo o desenvolvimento socioeconômico do Sudeste Asiático, a manutenção da estabilidade política na região, a promoção da paz, a realização de projetos para a agricultura e para o setor industrial e a atração de investimentos, entre outros.

Durante a reunião, o superintendente Algacir Polsin e os servidores da Suframa fizeram, inicialmente, uma breve apresentação sobre as diretrizes da Zona Franca de Manaus (ZFM), buscando reforçar o importante papel desempenhado pelo modelo no que diz respeito, principalmente, à evolução histórica dos indicadores socioeconômicos da região e à contribuição para a preservação ambiental.

Na sequência, os embaixadores também assistiram a uma rápida apresentação sobre o Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA) com o objetivo de conhecer como a Suframa está buscando fomentar a bioeconomia e o aproveitamento sustentável da biodiversidade amazônica para viabilizar alternativas de geração de emprego e renda para a população local.

Ao final das apresentações, os embaixadores puderam fazer questionamentos e esclarecer dúvidas diversas, entre as quais detalhes sobre o conjunto de incentivos fiscais ofertados, pesquisas do CBA e os desafios para o desenvolvimento da região.

“Agradecemos a visita da comitiva e esperamos que possamos ter transmitido conhecimentos relevantes sobre a Zona Franca de Manaus e a Amazônia. Colocamo-nos inteiramente à disposição para responder eventuais dúvidas e continuar a troca de informações”, afirmou Polsin. “Foi mais uma ocasião válida para mostrar o trabalho que a Suframa e o governo brasileiro estão desempenhando no intuito de executar a missão de induzir o desenvolvimento sustentável da região e deixar um legado positivo para a população amazônica”, reforçou.

CBA

Ao final da reunião na Suframa, os embaixadores da Asean seguiram para uma visita à sede do Centro de Biotecnologia da Amazônia, onde puderam conhecer in loco o funcionamento do Centro, a estrutura de laboratórios e alguns projetos em execução.