Promovida pela Fundação Estadual do Índio (FEI), do Governo do Amazonas, em parceria com a prefeitura municipal de Rio Preto da Eva (distante 57 quilômetros de Manaus), a 1ª edição da Feira de Artesanato Indígena é a oportunidade de espalhar a cultura indígena dos artesãos locais.

De acordo com o diretor-presidente da FEI, Zenilton Mura, o itinerário de realizações dos próximos locais a receber a feira é a oportunidade de cada região do Amazonas exaltar sua especialidade artesã.

“Esperamos levar para outros municípios a feira, que poderá expôr de cada parente do Amazonas a sua especialidade do artesanato. De município em município as comunidades e aldeias indígenas possuem seu segmento forte de artesanato, isso pode impulsionar na valorização e no conhecimento de cada trabalho manual que exalta nossa cultura”, comentou.

A feira do artesanato realizada no município de Rio Preto da Eva, na Feira da Piscicultura, também acontece neste fim de semana, com diversos produtos e materiais produzidos por artesãos locais.

A indígena Marlene Baniwa declara que, a chegada do evento no interior do Amazonas, é a chance de mostrarem o cuidado e dedicação que os povos indígenas têm em produzir o material feito de matérias primas 100% naturais e feitos a mão.

“No nosso próprio estado sentimos uma certa falta de demandas para vender os produtos, mas, para o restante do Brasil, atendemos solicitações de produtos dos clientes de outros estados, que deveria estar presente no nosso cotidiano. A feira é a oportunidade de mostrar o nosso trabalho e fortalecer uma cultura e conhecimento que, talvez muitos amazonenses não conhecem e, também os turistas que temos recebido nesta feira”, disse.

A festividade encerra amanhã (03/04) e conta com produtos como cestos, colares, pulseiras e até mesmo remédios naturais feitos a partir de plantas medicinais presentes na cultura indígena.