O Governo do Amazonas, por meio do Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam), participa da ExpoAmazônia Bio&TIC, que começa nesta quinta-feira (30/06) e segue até sábado (02/07), no Centro de Convenções do Amazonas Vasco Vasques, zona centro-sul da capital.

A autarquia apresenta em seu estande os cursos ofertados nas áreas de Bioeconomia, Tecnologia da Informação e Comunicação (TICs), cultura maker e empreendedorismo.

No segmento da Bioeconomia, o Cetam fortalece as cadeias produtivas dentro da sustentabilidade e meio ambiente, alinhando-se, assim, ao empreendedorismo, gerando oportunidade e renda.

Na área das TIC, a escola Cedig (Cetam Digital) irá apresentar os cursos de qualificação profissional e cursos técnicos que são oferecidos nesse segmento.

Para apresentar a cultura maker, o Cetam mostra um pouco dos seus espaços de inovação, onde é aplicada a cultura “mão na massa” que potencializa a criatividade e desenvolve habilidades e competências da indústria 4.0.

O Cetam leva as impressoras 3D que são utilizadas para o aprendizado dos alunos nos espaços makers implantados pela autarquia em suas unidades.

Cetam já ofertou mais de 500 mil vagas

Mais de meio milhão de vagas em cursos de Qualificação Profissional, Técnicos e Especializações Técnicas já foram oferecidas pelo Governo do Estado, por meio do Cetam, entre 2019 a 2022.

Garantir educação profissional e tecnológica de qualidade para Manaus e todo o interior do Amazonas é uma determinação do governador Wilson Lima. E isso vem sendo seguido à risca pela direção do Cetam, que a cada oferta de novas vagas contempla candidatos da capital e dos municípios.

Somente no primeiro semestre de 2022, o Cetam chegou a 146 mil vagas. Com as 355 mil oferecidas entre 2019 e 2021, o Governo do Amazonas chega à marca de 501 mil vagas.

“Esse é um número importante que demonstra, na prática, o compromisso com a ampliação da oferta de educação profissional e tecnológica”, ressalta José Augusto de Melo Neto, diretor-presidente do Cetam.