Com o objetivo de prospectar parcerias institucionais e detectar formas de aprimorar o ecossistema de inovação na Amazônia, comitiva liderada pelo superintendente da Suframa, Algacir Polsin, está visitando, nesta semana, centros de referência em inovação instalados nas cidades de Florianópolis-SC, Joinville-SC e Curitiba-PR.

Na segunda-feira, 21, a equipe técnica da Autarquia conheceu as instalações e o funcionamento do renomado Sapiens Parque e também visitou a sede da empresa Intelbras, cuja principal planta, em termos de volume de produção, está em Manaus.

Na terça-feira, 22, na sede da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc), o tema do encontro com os empreendedores catarinenses foram as vantagens da complementaridade produtiva entre a Zona Franca de Manaus e as outras regiões do País, como também a aplicação de soluções tecnológicas para desenvolvimento e monitoramento da produção na Amazônia, baseada em bioativos da região.

Em seguida, a comitiva da Suframa conheceu as atividades desenvolvidas no Ágora Tech Park, em Joinville-SC, referência nacional em ações de inovação, como incubação e aceleração de startups, laboratórios de testes, integração indústria-universidade, entre outros. Em Joinville, a equipe da Autarquia também conheceu os laboratórios de testes de engenharia de produtos e de elaboração de protótipos do Senai-SC e lá se reuniu com o dirigentes para tratar sobre o trabalho de integração da entidade com as empresas e universidades cujo foco é fomentar pesquisas que resultem em produtos industriais.

A agenda técnica está prosseguindo, desde o dia 23, em Curitiba-PR. Lá ocorreram as visitas às sedes da Federação da indústria do Estado do Paraná (Fiep), e da planta industrial da Positivo. Na Fiep, foram debatidas as vantagens e requisitos para operação nos três regimes administrados pela Suframa e, ainda, possibilidades de intensificação da integração econômica das regiões. Na Positivo, empresa que também está na ZFM, a comitiva conheceu a linha de produtos fabricados no Paraná e, com os executivos da companhia, foram discutidas oportunidades e dificuldades de investimentos em Pesquisa, Desenvolvimento & Inovação (PD&I), estratégias de negócios e os bons resultados financeiros obtidos pela Positivo nos últimos anos, com destaque para o último trimestre.

Na capital do Paraná, também estão agendadas a visita técnica na Universidade Federal do Paraná e a participação no Smart City – Expo Curitiba, no Parque Barigui, evento sobre a implantação de conceitos de “Cidades Inteligentes”. A comitiva da Suframa retorna a Manaus no dia 26.

“Nosso objetivo, nessa viagem, é detectar o enquadramento de parcerias em eixos estratégicos de atuação, como: Desenvolvimento Produtivo (Agronegócio, Indústria, Bioeconomia), Turismo e Infraestrutura Econômica e Urbana (Logística e Transporte, Energia, Telecomunicações). E, desta forma, viabilizar o tripé da sustentabilidade: ambiental, social e econômico, com ferramentas que perpassam a Pesquisa e Desenvolvimento (P&D), Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e a Capacitação”, explicou Polsin.