A Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur) firmou parceria com a Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) para apoiar o projeto “Zona Franca de Portas Abertas”, que vai realizar visitas guiadas a empresas do Polo Industrial de Manaus (PIM). Ao todo, 11 empresas estão credenciadas para participar do projeto apresentado nesta quinta-feira (24/02), na sede da Suframa, com visita à Moto Honda da Amazônia, destinada aos membros do Conselho de Administração da Suframa (CAS).

A vice-presidente da Amazonastur, Isadora Alfaia, destaca que o projeto estimula a sociedade a conhecer o parque fabril local e sua importância para a socioeconomia da região. Ainda durante a visita, Alfaia afirmou que o percurso de visitação pode contar, ainda, com a participação do ônibus turístico AmazonBus.

“O objetivo é a gente ter mais um produto turístico na cidade de Manaus. Esse turismo industrial já é um case de sucesso em outras capitais do Brasil e pelo mundo afora. Essa visitação de fábrica, além de trazer turistas de fora, é importante para a população amazonense também saber como funciona o parque fabril, entender a importância que a Zona Franca tem para a economia do estado”, destacou.

A técnica da Coordenação de Estudos Econômicos e Empresariais da Suframa, Rosângela Alanís, ressaltou que a iniciativa também tem por finalidade apresentar mais uma opção de turismo – de lazer, técnico e científico – na cidade de Manaus, fomentando essa importante atividade econômica, bem como o setor de comércio e serviços.

“Dessa forma a gente vai conseguir construir mais uma opção de turismo aqui no estado e na cidade de Manaus. E como ninguém faz nada sozinho, as empresas estão entrando com a parte delas, abrindo as portas das suas fábricas para as pessoas conhecerem; a Suframa está contribuindo com a organização desse projeto e a Amazonastur está contribuindo com a viabilização. Agora a gente entra no projeto de divulgação e formação de público para conhecer as fábricas do Polo Industrial de Manaus”, concluiu.

O projeto “Zona Franca de Portas Abertas”, de visitas guiadas a empresas do PIM, vai contar com a participação de 11 empresas credenciadas: Yamaha, Supporte, Sidia, Samsung, Positivo, Midea, Honda, Coca-Cola, Caloi, Ocrim Trigolar e Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA)